Tuesday, April 07, 2009

Comunicação e Sustentabilidade


A simpática Maria Teresa da Atitude Brasil, (por recomendação de alguém que não sei quem é mas agradeço) me convidou a escrever no blog do II Fórum Internacional de Comunicação e Sustentabilidade.
Muito me honra o convite e farei o possível para estar à altura da missão.
Minha primeira contribuição já está no ar e pode ser acessada aqui:

http://www.comunicacaoesustentabilidade.com/blog/

Por favor acessem e participem da discussão!
E me ajudem a não apanhar muito.

6 comments:

Frodo Balseiro said...

Gostei muito do teu artigo Fernando.
Só, que pelas idéias alí contidas, acho que teu emprego lá com a turma da sustentabilidade, vai durar pouco...hehe

Fernando Sampaio said...

Pois é, acho que me convidaram só pra ter um reacionário a quem malhar...

Augusto Araújo said...

Li e achei ótimo

Mas parece que o quórum por lá está baixo. Acho q eles têm menos visitantes q vc Fernando.

Não comentei nada lá, vou esperar pra ver se algum vega-xiita vai dar as caras

abs!

Marie Tourvel said...

Oi, Fernando, querido. Estou especialmente feliz por você. Posso dizer a todos que você é meu amigo? ;)

Beijos da Marie.

Lelec said...

Oi Fernando,

Li seu texto para o FICS e gostei demais. (Eu, como ser essencialmente carnívoro, fico sempre feliz quando alguém defende a pecuária). Parabéns!

Fico muito feliz que seu talento e sua competência estejam tendo essa visibilidade.

Grande abraço e parabéns.

Lelec

Augusto Araújo said...

Dá uma olhada nisso:

"Eu nunca me esqueço de que Hitler subiu ao poder usando da sua obsessão com o tema da saúde como plataforma, como faz agora José Serra. Ficaram famosas suas “guerras” contra o câncer e outras doenças. Ninguém podia fumar perto dele, que também não consumia carne por supostamente fazer mal à saúde."


http://www.midiasemmascara.org/index.php?option=com_content&view=article&id=110:totalitarismoimperfeito&catid=7:direito&Itemid=10

Deixando o Serra de lado, achei ótimo saber q Hitler era vegetariano
e ainda achava q carne fazia mal à saúde