Tuesday, May 26, 2009

Orgulho nerd


Há muitos anos, em uma galáxia distante, eu fui um nerd.
Eu era um peso pena de menos de 70kg com físico de rei momo da Somália.
Nenhuma mulher com menos de cinquenta anos ou menos de 120kg notava minha existência.
Em um jogo de futebol minha única função era chutar a bola o mais longe possível assim que ela por acaso passasse na minha frente.
Não sabia jogar nada. Tocar só apito, galinha e campainha. Dançar como um curiango manco.
Cirurgia de miopia a laser ainda era coisa discutida em congresso de medicina, eu tinha que me contentar em usar um óculos com aro de tartaruga que só minha mãe achava bonito.
Eu e meus amigos jogávamos War. E videogame Atari com Enduro, River Raid, Missile Command e Pitfall para os nostálgicos.
Embora algumas vezes preferisse a companhia de livros à de certas pessoas, minha nerdice nunca foi extrema.
Nunca colecionei gibis ou action figures nem joguei rpg.
Andava de bicicleta, nadava no rio, subia em árvore.
Sempre tive uma certa desconfiança em relação a computadores e novas tecnologias.
E sempre tive amigos desde a escória do fundão até os apara-cuspe cdfs da primeira fila. E sempre estive metido em todo esquema anárquico que viesse a florescer na sala de aula.
Eventualmente fui até candidato ao grêmio escolar, e até beijei a miss do colégio.
Depois entrei para a faculdade e ganhei 30kg em cinco anos.
Entrei no time de rugby onde felizmente a bola é carregada com as mãos e você pode no melhor estilo Forrest Gump agarrar a bola and run for your life...
E descobri que algumas mulheres querem alguém inteligente ao lado, e mesmo que você seja a segunda opção não interessa, caiu na rede é peixe. E logo quando eu estava assim com a mulherada acabei casando.
Algum nerd acabou inventando o dia 25/05 como o dia do orgulho nerd. Foi o dia da première do Star Wars em 1977 (Adoro, mas só a trilogia antiga). Só um nerd para inventar um troço desses.
Eu estava escreveno sobre o Dia da Liberdade dos Impostos e fiquei sabendo dessa também. Tudo bem, trouxe umas recordações. E no fundo no fundo continuamos um pouco nerds. Esse negócio de blog é coisa de nerd por exemplo. Alguém aí já viu o novo Star Trek?

5 comments:

bete said...

ô se somos, blogue nada mais é do que aquele caderninho de mocinhas de antigamente (hi, hi, perdão, não quis te chamar de mocinha não...)

Mas não é? a gente escreve umas coisinhas, e fica esperando que o o povo venha comentar...

Somos um bando de nerds.

O novo Star Trek? Legal né?

Bruno Pontes said...

"blogue nada mais é do que aquele caderninho de mocinhas de antigamente ... a gente escreve umas coisinhas, e fica esperando que o o povo venha comentar..."


Haha, pensando bem, é verdade. Valeu, Fernando.

Fernando Sampaio said...

A Bete sacaneou aí com esse negócio de caderninho de mocinhas...

bípede falante said...

Eu não queria ser nerd, mas princesa Lea, ah, como eu queria, sim.

Lelec said...

Legal demais esse seu post, Fernando!

No fundo no fundo, continuo tão nerd que gosto até da segunda trilogia do Star Wars.

E, é claro, também fui pré-adolescente com uns óculos cujas lentes eram mais possantes que o Hubble. Se não fossem as lentes de contato para salvarem o tempo que sobrou da adolescência...

Ah sim, já vi o novo Star Trek e gostei bastante. Vale a pena!

Vida longa e próspera!

Abraço

Lelec


(Mas nunca tive videogame e sempre, sempre, joguei muito futebol e fui um ponta-direita de respeito.)